Pular para o conteúdo
Voltar

PGE suspende expediente público nesta quarta-feira (05-12)

Assessoria | PGE-MT

Expediente ao público fica suspenso ao público nesta quarta-feira, 05 - Foto por: Gcom/MT
Expediente ao público fica suspenso ao público nesta quarta-feira, 05
A | A

Portaria número 68 da Procuradoria Geral do Estado (PGE) suspende o expediente na instituição nesta quarta-feira (05.12) em razão da morte do ex-procurador-geral do Estado, José Vitor da Cunha Gargaglione.

Conforme a portaria, assinada pela procuradora-geral do Estado Gabriela Novis, devido à importância de José Vitor Gargaglione para a instituição. O velório está sendo realizado na Capela Jardins e o sepultado às 17 horas no Parque Bom Jesus.

O expediente será retomado normalmente nesta quinta-feira (06-12).

Mais informações:

NOTA DE PESAR

"Mato Grosso perde um de seus maiores juristas e professor", lamenta procuradora geral

Assessoria PGE-MT 

 

A procuradora-geral do Estado, Gabriela Novis, lamenta a morte do ex-procurador-geral do Estado, José Vitor Gargagline, 60 anos. Ele comunicou em 2016 que enfrentava um câncer. “Mato Grosso perde um dos seus maiores juristas e professor. Apaixonado pela advocacia pública, foi grande defensor dos Direitos Humanos,  das mulheres e das crianças”, disse a procuradora-geral.

Gabriela Novis reforçou a contribuição dele para os avanços conquistados pela Procuradoria Geral do Estado (PGE). Conforme a procuradora, os membros da instituição estão consternados com a morte de Gargaglione.

Formado em Direito pela UFMT, José Vitor foi procurador-geral do Estado e Corregedor-geral da Procuradoria Geral do Estado (PGE). 

Na PGE, também assumiu as Subprocuradoria-geral Judicial e Administrativa, além de ter chefiado a extinta Procuradoria Judiciária, que deu origem à Defensoria Pública. 

Foi conselheiro da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), seccional Mato Grosso, membro de comissões de Defesa dos Direitos Transindividuais, Difusos e Coletivos, e do Conselho De Defesa da Criança e do Adolescente. 
Gargaglione participou do projeto de Jurisprudência pela Igualdade e combateu qualquer discriminação de gênero.

Ele também atuou como professor nas  Escolas Superiores do Ministério Público e da Magistratura, faculdades de Direito e Escolas Preparatórias para Concursos e foi incentivador da criação da Escola Superior de Advocacia Publica. 

O velório está sendo na sala Tulipas da Capela Jardins, em Cuiabá. O sepultamento será no cemitério Parque Bom Jesus.